Conheça a Equipa de participantes na 1º parte da
Campanha Imirabilis2

A Campanha iMirabilis2 irá explorar os ecossistemas de águas profundas relativamente desconhecidos ao redor das ilhas de Cabo Verde no Oceano Atlântico. A primeira etapa da expedição irá dedicar uma semana à investigação da geologia do fundo do mar ao longo da elevação Açores-Biscaia. Esta 1ª parte da expedição é liderada pela EMEPC - Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental e envolve uma equipa alargada de cientistas de diferentes áreas e especialidades.

 

pedro.JPG

PEDRO MADUREIRA

EMEPC

Pedro Madureira é Adjunto da EMEPC e coordenador técnico e científico do projecto de extensão da plataforma continental portuguesa para além das 200 milhas marítimas. É o responsável pela primeira etapa da campanha iMirabilis, onde uma equipa multidisciplinar de técnicos/pilotos de ROV, geólogos, biólogos e oceanógrafos estará a trabalhar a bordo do B/O Sarmiento de Gamboa. Tem formação na área de Geologia e o seu principal interesse nesta primeira etapa é a recolha de dados geológicos e de amostragem de rochas vulcânicas da Crista Açores-Biscaia, com o objetivo de contribuir para o conhecimento da evolução geológica do Atlântico Norte.

lpr_pic.jpg

LUÍSA PINTO RIBEIRO

EMEPC

Luisa Pinto Ribeiro é geóloga e trabalha na Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental (EMEPC), tendo estado a bordo de várias campanhas oceanográficas. O seu principal interesse é a caracterização geoquímica de amostras de rocha vulcânica submarina e o estudo dos processos magmáticos profundos na origem de montes submarinos e estruturas vulcânicas submarinas. Tem interesse, em particular, nas estruturas vulcânicas do Atlântico Norte e na área de extensão da plataforma continental portuguesa e a sua investigação tem-se centrado na Cadeia de Montes Submarinos a Sul dos Açores e nos montes submarinos ao longo da crista Madeira-Tore. Durante a primeira parte do cruzeiro iMirabilis e com o ROV Luso, estará focada na caracterização geológica e amostragem de rochas vulcânicas de um dos principais montes submarinos situados na crista Açores-Biscaia.

INÊS TOJEIRA

EMEPC

Inês Tojeira é ecologa de mar profundo e dedica-se ao estudo da biodiversidade e da estrutura comunitária dos ecossistemas de águas profundas do Atlântico Norte. Está especialmente interessada em comunidades bentónicas, incluindo corais de águas frias e agregações de esponjas do mar profundo e seus habitats associados. Tem mais de 12 anos de experiência em amostragem de mar profundo utilizando veículos operados remotamente (ROV).

TERESA RAFAEL

EMEPC

Teresa Rafael é bióloga e membro da equipa da EMEPC. É a primeira vez que embarca em campanha oceanográfica no B/O Sarmiento de Gamboa e acha que será uma grande oportunidade de aprender muito sobre amostragem e processamento de amostras do mar profundo e os desafios que se colocam à monitorização do seu estado ambiental.

MARIA SIMÕES

EMEPC

Maria Simões é especialista de Sistemas de Informação Geográfica na EMEPC. Tem uma vasta experiência no trabalho com dados marinhos. É aluna do primeiro ano de Doutoramento, na Universidade de Évora. Esta expedição irá ajudá-la na caracterização dos processos morfogenéticos na margem continental Oeste Portuguesa e bacias oceânicas adjacentes, a partir da análise de dados de batimetria multifeixe e perfis sísmicos.

MÓNICA ALBUQUERQUE

EMEPC

Mónica Albuquerque é mestre em Ecologia Marinha trabalha na EMEPC desde 2009 como bióloga. Integra a equipa de biólogos a bordo que irá observar e amostrar a biodiversidade e os ecossistemas de mar profundo com recurso ao ROV Luso.  É responsável pela Comunicação e Educação da EMEPC pelo que terá a seu cargo a divulgação do trabalho a bordo da primeira parte da Campanha. Esta é a sua 6ª campanha com o ROV Luso, a 2ª no B/O Sarmiento de Gamboa, totalizando 104 dias de trabalho com o ROV Luso. 

ANTÓNIO CALADO

EMEPC

Antonio Calado é coordenador do projeto ROV Luso na EMEPC, sendo também responsável pelas operações científicas offshore promovidas por esta instituição. António trabalha na EMEPC desde o início do projeto em 2005 e coordena, igualmente , a equipa de Pilotos do ROV Luso. Participa anualmente em várias campanhas oceanográficas focadas principalmente em ambientes de mar profundo, lideradas pela EMEPC ou por entidades parceiras, e coordena a parte operacional da maioria dessas campanhas. Passou mais de 500 dias no mar desde 2007!

ANDREIA AFONSO

EMEPC

Andreia Afonso é licenciada em Ciências do Mar, com especialização na área de Oceanografia Física. Trabalha na EMEPC desde 2008, onde recebeu treino de piloto e tecnologia ROV, passando a integrar a equipa técnica do ROV LUSO que mergulha até aos 6000m. Participou em aproximadamente 21 missões multidisciplinares, metade no âmbito do Projeto de Extensão da Plataforma Continental Portuguesa, envolvendo pesquisa em mar profundo. Está muito interessada e motivada pela conceptualização, desenvolvimento e implementação de novas tecnologias e ferramentas. Nesta campanha estará nas operações ROV, desde a pilotagem até o lançamento e recuperação do equipamento, passando pela navegação e amostragem com instrumentos do ROV Luso. Irá ainda realizar a manutenção e reparação deste equipamento, diariamente.

MIGUEL SOUTO

EMEPC

Miguel Souto é formado em Oceanografia e com especialização em Hidrografia. Trabalha na EMEPC desde 2008, no projeto de ROV Luso e no projeto de extensão da plataforma continental. Para além de pilotar o ROV, o foco do seu trabalho a bordo é a manutenção da informática, e garantir a integração dos diferentes sistemas entre o navio e o ROV Luso.

BRUNO RAMOS

EMEPC

Bruno Ramos é formado em Engenharia Elétrica e trabalha na EMEPC desde 2014, onde atua como piloto do ROV Luso. Nesta campanha estará nas operações de ROV como piloto e na sua manutenção diária.

RENATO BETTENCOURT

IMAR

Renato Bettencourt trabalha no IMAR - Instituto Português de Investigação Marinha desde 2006 como Piloto ROV sénior com muita experiencia em múltiplas tarefas envolvendo manutenção e reparação de sistemas. Colabora com a EMEPC e a equipa de pilotos desde 2010, desempenhando múltiplas tarefas envolvendo hidráulica, mecânica do sistema e planeamento de operações, com um total de 102 horas de experiência de operação e um total de 290 dias de mar. Colabora ainda como Técnico/Operador do Sistema de Tratamento Médico Hiperbárico do Hospital Público da Horta onde tem cerca de 700 horas de experiência.

SANDRA MOUZINHO VELEZ

UNIVERSIDADE DE ÉVORA

Sandra Velez é técnica de laboratório no Departamento de Geociências da Universidade de Évora. Tem    experiência    em amostragem de rochas (onshore) e sedimentos marinhos. Participou em diversas campanhas oceanográficas em parceria com diversas instituições. Na primeira parte da campanha iMirabilis2, irá ajudar a organizar e manusear as amostras recolhidas pelo ROV Luso. Sente-se motivada por fazer parte desta equipa e ansiosa por toda a experiência.

PEDRO FARIAS

UNIVERSIDADE DE COIMBRA - CEMMPRE

Pedro Farias é estudante de doutoramento em microbiologia com interesse em comunidades microbianas de locais impactados por ação antropogénica e nas ferramentas desenvolvidas por esses organismos. É licenciado em Bioquímica pela Universidade de Coimbra e trabalha na área da microbiologia há 8 anos. No iMirabilis2 será responsável pelo processamento de amostras de água e sedimentos, de ambientes bentónicos, para posterior análise microbiológica. Esta é a primeira vez que participa dessa aventura e está animado para dar a sua contribuição e aprender mais sobre as comunidades microbianas diferentes daquelas que costuma estudar.

NUNO VASCO RODRIGUES

FOTÓGRAFO FREELANCER

Nuno Vasco Rodrigues é biólogo marinho com mestrado em Estudos Integrados do Oceano. Ao longo de sua carreira, esteve envolvido em diversos projetos de conservação marinha e participou num grande número de expedições científicas, o que lhe proporcionou um profundo conhecimento sobre a vida marinha. É autor de dezenas de artigos científicos e 3 livros sobre fauna marinha, tendo contribuído para muitos outros. Como fotógrafo, especializou-se na conservação marinha, utilizando a imagem como ferramenta de estudo e comunicação, visando a conservação. As suas imagens foram amplamente publicadas em livros, jornais e revistas e também exibidas a nível mundial, tendo várias delas sido premiadas em concursos internacionais.

RICARDO CAPELA

CIIMAR

Ricardo Capela é licenciado em Ciências Aquáticas pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar e está atualmente a terminar o Doutoramento em Biologia pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Está a desenvolver os seus trabalhos no grupo de Disruptores Endócrinos e Contaminadores Ambientais (EDEC), no Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR), instituição de investigação e formação da Universidade do Porto.

ANA RITA PEREIRA

GEÓLOGA

Ana Rita Pereira é geóloga e um dos seus principais interesses é o estudo das mineralizações do fundo do mar. Durante a dissertação de mestrado estudou crostas de ferromanganês do Atlântico Norte e, no momento, realiza um estágio profissional no aspiring Geoparque Oeste.

A participação na expedição iMirabilis2 é muito importante porque será a sua primeira expedição oceanográfica. Durante esta expedição, irá ajudar a equipa de geologia da EMEPC. Espera recolher algumas amostras de crostas de ferromanganês, uma vez que essas mineralizações são um dos seus principais interesses para estudos futuros.

CAIO FONTELES

Colab + ATLANTIC

Caio Fontes é oceanógrafo com mestrado em Oceanografia Física. Integra o Colab + ATLANTIC no subdomínio Data Sciences. Tem ampla experiência em processamento, qualificação e análise de dados, desde a sua recolha in situ até detecção remota. Na maior parte do tempo, trabalhou desenvolvendo ferramentas para monitorizar, processar e qualificar dados de diferentes fontes, desde bóias oceanográficas até veículos autónomos (glider) . Também é piloto de glider's. Nesta campanha, tem interesse em conhecer e compreender melhor o funcionamento e as capacidades do ROV Luso para que possa projectar formas de utilização deste tipo de equipamento em operações offshore (inspecções e manutenções), por exemplo, em parques eólicos. 

KELSEY BARNHILL

UNIVERSIDADE DE EDINBURGH, UK

Kelsey Barnhill mergulhou em Ecologia do Mar Profundo para o seu Doutoramento depois de estudar corais tropicais no seu mestrado em Ecologia Tropical e Gestão de Recursos Naturais na Norwegian University of Life Sciences. Membro do Grupo de Estudo de Oceanos em Mudança da Universidade de Edimburgo, Kelsey é bolseira da iAtlantic, investigadora em Início de carreira do One Ocean Hub e Embaixadora Jovem do Oceano Atlântico no Reino Unido. A sua pesquisa concentra-se nos impactos de múltiplos fatores de stress no coral de água fria que estrutura o habitat, Lophelia pertusa. Este será o quarto cruzeiro de Kelsey e está animada por participar em toda a campanha iMirabilis2 dinamizando a divulgação a bordo integrando a da equipa científica.

BEATRIZ VINHA

INSTITUTO ESPAÑOL DE OCEANOGRAFIA

Beatriz Vinha é bióloga marinha e atualmente aluna do primeiro ano de doutoramento. Com interesse especial na megafauna bentónica de mar profundo. A expedição iMirabilis2 é de extrema importância para o trabalho que realizará durante o doutoramento. Com os vídeos recolhidos pelo ROV Luso, pretende caracterizar e quantificar, pela primeira vez, as comunidades megabentónicas de águas profundas de Cabo Verde em termos de biodiversidade e padrões de distribuição espacial. Beatriz também irá recolher amostras para investigar a ecologia trófica de habitats bentónicos de Cabo Verde com recurso a isótopos estáveis e análise de ácidos gordos.

HERCULANO DINIS

PROJETO VITO

Herculano Dinis é licenciado em Biologia e Diretor Executivo da Associação Projecto Vito. O Projecto Vito é uma das maiores Organizações Não governamentais de Ambiente de Cabo Verde e trabalha na conservação dos recursos marinhos e costeiros.

NADITO BARBOSA

PROJETO VITO

Nadito Barbosa é licenciado em Ciências Biológicas e Ambientais e é coordenador do projeto Aves marinhas de Cabo Verde na Ilha do Fogo na Associação Projecto Vito. PO Projecto Vito é uma das maiores Organizações Não governamentais de Ambiente de Cabo Verde e trabalha na conservação dos recursos marinhos e costeiros.

CARLOS CARLES ARABELLA

PROJETO VITO

Carlos Arabella é biólogo freelancer. Trabalha como ornitólogo, conservacionista e naturalista. Na campanha Imirabilis2 participará na equipa de observação de aves marinhas. A tarefa a bordo se concentrará no censo de aves oceânicas como cagarras e petréis, mas vai adorar observar qualquer outro animal (baleias, tartarugas, peixes ... também são bem-vindos) . Espera que as condições de mar o permitam. E, honestamente, vai tirar muitas fotos, com certeza!