URL

A 11 de Maio de 2009, Portugal apresentou à Comissão de Limites da Plataforma Continental nas Nações Unidas a sua Proposta de Extensão da Plataforma Continental. A 1 de Agosto de 2017 Portugal entregou uma Adenda a esta Proposta, baseada nos dados de batimetria, geologia e geofísica recolhidos desde 2009. Esta Adenda incluiu ainda um novo limite exterior da plataforma continental.

MapaExecutiveSummary

No caso português, o limite exterior da plataforma continental estende-se além das 200 milhas marítimas. Esta distância é medida a partir das linhas de base, que também são usadas para a definição da largura do mar territorial. A submissão Portuguesa, neste momento, aguarda na "lista de espera" até que seja constituída a sub-comissão (de entre os elementos que compõem a CLPC), que apreciará diretamente a nossa proposta.

Como se pode ir acompanhando no sítio das Nações Unidas, o processo tem as seguintes fases:

  1. Realização pelo Estado costeiro de todos os levantamentos, estudos e trabalhos necessários para a fundamentação da reivindicação de limites da Plataforma Continental além das 200 milhas marítimas;
  2. Submissão pelos Estados costeiros de uma proposta de extensão, fundamentada científica, técnica e juridicamente, à Comissão de Limites da Plataforma Continental (CLPC) através do Secretário-Geral das Nações Unidas;
  3. Apresentação da Proposta de Extensão da Plataforma Continental;
  4. Pré-apreciação da mesma por parte da CLPC (no sentido de avaliar se há impedimentos à apreciação do conteúdo, nomeadamente em casos em que há disputas com outros Estados);
  5. Nomeação da sub-comissão que irá apreciar a proposta;
  6. Apreciação da proposta pela sub-comissão, que elabora uma lista de Recomendações;
  7. Deliberação pela CLPC relativamente às Recomendações a dirigir ao Estado costeiro;
  8. Publicitação das Recomendações;
  9. Possibilidade de apresentação de dados/justificações complementares em Defesa da Proposta;
  10. Deliberação pela CLPC relativamente às eventuais novas Recomendações a dirigir ao Estado costeiro;
  11. Publicitação das Recomendações;
  12. Definição pelo Estado costeiro e publicitação em diploma nacional dos limites da plataforma continental;
  13. Publicitação, pelo Secretário-Geral das Nações Unidas, dos limites estabelecidos pelo Estado costeiro em consonância com as recomendações da CLPC.

Apreciacao NUO início da avaliação da proposta portuguesa ocorreu em agosto de 2017 e prevê-se que seja apreciada nos próximos dois a três anos.

Consulte o Sumário Executivo da Submissão Portuguesa.

FaLang translation system by Faboba

Contactos


Telefone: +351 213 004 165

Fax: +351 213 905 225

Informações sobre o

Projeto de Extensão da Plataforma Continental:

Email: info@emepc.mm.gov.pt

Morada: Rua Costa Pinto, N.º 165

2770-047 Paço de Arcos - Portugal

Morada Postal: Apartado 1139

2771-901 Paço de Arcos 

Siga-nos