COMMUNICATION

The Portuguese Task Group for the Extension of the Continental Shelf (EMEPC) was established in order to prepare and deliver the extended continental shelf submission to the UN and to interact with the Commission on the Limits of the Continental Shelf (CLCS), during its consideration.

Since its inception, EMEPC’s work has been a milestone for the promotion of the sea of Portugal. The delivery of the Portuguese submission pertinent to the outer limit of the continental shelf beyond 200 nautical miles to the CLCS, on May 11th 2009, was an important step towards that goal.

The consideration of the Portuguese submission started on the 14th of August 2017, sets EMEPC in a new phase. Currently, EMEPC continues to work on strengthening the submission and preparing for the on-going discussions with the CLCS until the conclusion of this process.

In order to best fulfill its mission and objectives, it is essential to continue to acquire technical and scientific data to defend and strengthen the establishment of the outer limit of the continental shelf contained in the Portuguese submission. The revision of the submission integrated in an addendum with new data and information collected since 2009, is fundamental for the defense of Portugal’s proposal. Additionally, the advancements in areas such as, hydrography, geology, geophysics, biology, oceanography, geographic information systems, underwater robotics and public international law, provide the country with a greater technical, scientific and legal capacity.

EMEPC main goals:

a) To increase the knowledge on the morphology and the geological and hydrographic characteristics of the seabed in order to consolidate the data and information contained in the Portuguese submission presented to the CLCS;

b) To prepare additional data and responses to requests for clarification by the CLCS;

c) To develop the interaction with the CLCS on the Portuguese submission;

d) To promote the importance of the extension of the Portuguese continental shelf to the society.

 

The Extension of the Continental Shelf Project

The Extension of the Continental Shelf Project (ECSP) is a legal process, supported by multidisciplinary scientific research, using a wide range of methods and techniques.

The data acquisition program necessary to sustain the Portuguese proposal began in 2005. It was necessary to raise, collect and analyze bathymetric, geophysical and geological data, which allowed to ascertain the depth, shape, nature, geometry and origin of the deep sea.

Systematic hydrographic surveys were conducted using multi-beam systems. Overall, the systematic survey is one of the largest ever conducted covering an area of approximately 2.600.000 km2, for over 1100 mission days.

The data acquisition program, which is an ongoing process, includes geophysical surveys and hydrographic and oceanographic campaigns.

The strengthening of the national capacity for the observation and monitoring of the deep sea associated with the ECSP, required investment in innovative R & D components, which included the acquisition of a wide range of new equipments from which stands out the ROV "Luso", a Remotely Operated Vehicle capable of diving up to 6000 meters deep.

The ECSP is carried out by a multidisciplinary team on the most diverse scientific disciplines, from Marine Sciences to Law, including also Geology, Geophysics and Geographic Information Systems. It also has already involved over 100 people in programs of cooperation with various R&D entities. In addition to these key partners, participation in the ECSP activities has been open, both to the scientific community and the civil society with interest in the theme of the oceans.

The first practical result of the ECSP was the recognition, in 2006, of the Rainbow hydrothermal vent field as the first Marine Protected Area beyond 200 miles, under the jurisdiction of a country.

In accordance with article 77 of the United Nations Convention on the Law of the Sea, Portugal established five Marine Protected Areas under its jurisdiction, located in the extended continental shelf beyond 200 miles: Rainbow in 2006, Altair, Antialtair, Josephine Seamount and an area of the Mid Atlantic Ridge north of Azores, all in 2010. These Marine Protected Areas total more than 119.500 km2.

COMMUNICATION

A Extensão da Plataforma Continental: O Que É e Para que Serve?

Conversa para alunos sobre a Extensão da Plataforma Continental Portuguesa, a sua importância para os portugueses, o decurso do processo, o novo Mapa de Portugal e os recursos existentes. A sessão, quando realizada na sede da EMEPC, pode ser acompanhada por visita ao ROV Luso, um robot que mergulha até aos 6000m de profundidade.

Para quem: 1.º Ciclo, 2.º Ciclo, 3.º Ciclo, Secundário

Número de participantes por ação: Variável

Onde: Na Escola - Todo o País (até ao limite do orçamento previsto); ou nas instalações da EMEPC - Oeiras

Duração: 1 hora na Escola, 2horas na EMEPC

Custo da ação (se aplicável): Gratuito

Email: Mónica Albuquerque - monica.albuquerque@emepc.mm.gov.pt

Telefone: Mónica Albuquerque - 213 027 383 ou 213 004 165

 

Rov Luso à Descoberta do Mar Profundo

Conversa para alunos sobre o Rov Luso, o veículo de operação remota que mergulha até aos 6000m de profundidade e que recolhe as amostras para o projeto de Extensão da Plataforma Continental. Vamos falar sobre o que é um ROV? E um piloto de ROV? A que profundidade desce? Que mistérios se descobrem no fundo no mar? Mergulha connosco para descobrires mais. O ROV Luso, as suas características e as suas potencialidades. Campanhas efetuadas e os diferentes ambientes explorados pelo ROV Luso. Pode incluir visita ao ROV Luso em Paço de Arcos, na sede da EMEPC.

Para quem: 1.º Ciclo, 2.º Ciclo, 3.º Ciclo, Secundário

Número de participantes por ação: Máximo de 30 alunos nas instalações da EMEPC, variável nas Escolas

Onde: Na Escola - Todo o País (até ao limite do orçamento previsto); ou nas instalações da EMEPC - Oeiras

Duração: 1 hora na Escola, 2horas na EMEPC

Custo da ação (se aplicável): Gratuito

Email: Mónica Albuquerque - monica.albuquerque@emepc.mm.gov.pt

Telefone: Mónica Albuquerque - 213 027 383 ou 213 004 165

 

Biodiversidade do Mar de Portugal

Conversa para alunos sobre o que é a Biodiversidade Marinha, qual é a sua importância e o que fazemos para o proteger. A biodiversidade marinha é o nome dado à variedade de organismos que vivem nos ecossistemas de mares e oceanos. Dois terços da superfície terrestre estão cobertos por mares e oceanos e ainda conhecemos apenas uma pequena parte de tudo o que existe no mar. Nesta conversa ficaremos a saber como se classificam os animais e plantas marinhos, quais os principais grupos, quais os que são protegidos e porquê, entre outras questões.

Para quem: 1.º Ciclo, 2.º Ciclo, 3.º Ciclo, Secundário

Número de participantes por ação: Máximo de 24 alunos nas instalações da EMEPC, variável nas Escolas

Onde: Na Escola - Todo o País (até ao limite do orçamento previsto); ou nas instalações da EMEPC - Oeiras

Duração: 1 hora na Escola, 2horas na EMEPC

Custo da ação (se aplicável): Gratuito

Email: Mónica Albuquerque - monica.albuquerque@emepc.mm.gov.pt

Telefone: Mónica Albuquerque - 213 027 383 ou 213 004 165

 

Biodiversidade do Mar Profundo e Recursos Vivos Marinhos

Conversa para alunos sobre os Recursos Vivos Marinhos no Mar de Portugal. A EMEPC reuniu no decurso das campanhas do Projeto de Extensão e de outros projetos, uma coleção com um número significativo amostras que compreende fauna e flora, amostras de água e sedimentos na sua maioria recolhidas a grandes profundidades oceânicas (profundidades superiores a 1500 m). Esta coleção tem vindo a ser potenciada em estudos académicos sobre biodiversidade e recursos genéticos. Porém, existe ainda um longo caminho a percorrer até que se possa desenvolver aplicações no quadro da designada “biotecnologia azul”. A conversa incidirá sobre a Biodiversidade existente no Mar de Portugal, bem como nos seus recursos vivos, a sua importância e para que servem.

Para quem: 1.º Ciclo, 2.º Ciclo, 3.º Ciclo, Secundário

Número de participantes por ação: Máximo de 20 alunos nas instalações da EMEPC, variável nas Escolas

Onde: Na Escola - Todo o País (até ao limite do orçamento previsto); ou nas instalações da EMEPC - Oeiras

Duração: 1 hora na Escola, 2horas na EMEPC

Custo da ação (se aplicável): Gratuito

Email: Mónica Albuquerque - monica.albuquerque@emepc.mm.gov.pt

Telefone: Mónica Albuquerque - 213 027 383 ou 213 004 165

 

Recursos Minerais Marinhos

Conversa para alunos sobre os recursos marinhos na extensão da plataforma continental. Os recursos não vivos dos fundos marinhos constituem-se, cada vez mais, como alternativa à exploração dos mesmos em terra. À medida que a escassez dos recursos aumenta nas áreas continentais e que a tecnologia prospetiva e extrativa progride, a exploração dos recursos minerais, energéticos (nos quais se incluem os hidratos de metano) nos grandes fundos marinhos torna-se cada vez mais exequível. Muitos desses recursos encontram-se nas plataformas continentais e nas suas zonas de extensão, tornando estas áreas de solo e subsolo um novo património para o Estado costeiro. A exploração científica dos fundos marinhos nacionais é ainda diminuta e estes estão fracamente caracterizados. Os dados e conhecimento obtidos ao longo dos anos através de campanhas de investigação científica e nos cruzeiros dedicados do Projeto de Extensão permitem, no entanto, antecipar um vasto potencial para os diferentes recursos existentes na plataforma continental de Portugal. Vamos conversar sobre os recursos da plataforma continental portuguesa, quais as suas potencialidades, necessidades e oportunidades.

Para quem: Secundário

Número de participantes por ação: Máximo de 20 alunos nas instalações da EMEPC, variável nas Escolas

Onde: Na Escola - Todo o País (até ao limite do orçamento previsto); ou nas instalações da EMEPC - Oeiras

Duração: 1 hora na Escola, 2horas na EMEPC

Custo da ação (se aplicável): Gratuito

Email: Mónica Albuquerque - monica.albuquerque@emepc.mm.gov.pt

Telefone: Mónica Albuquerque - 213 027 383 ou 213 004 165

 

Piloto Rov: O Astronauta que Não Sai do Nosso Planeta

Conversa para alunos sobre a profissão Piloto de ROV. O que faz um piloto ROV e a importância do trabalho em equipa num ambiente adverso. Os diferentes ambientes visitados pelo ROV Luso e a sensação de se estar a descobrir um novo mundo. Quais os desafios que enfrenta em cada campanha de mar e em cada mergulho, quando desce ao desconhecido.

Para quem: 1.º Ciclo, 2.º Ciclo, 3.º Ciclo, Secundário

Número de participantes por ação: Máximo de 30 alunos nas instalações da EMEPC, variável nas Escolas

Onde: Na Escola - Todo o País (até ao limite do orçamento previsto); ou nas instalações da EMEPC - Oeiras

Duração: 1 hora na Escola, 2horas na EMEPC

Custo da ação (se aplicável): Gratuito

Email: Mónica Albuquerque - monica.albuquerque@emepc.mm.gov.pt

Telefone: Mónica Albuquerque - 213 027 383 ou 213 004 165

 

Experiência de Mar: O Que Faz um Biólogo Marinho?

Conversa para alunos sobre como se estuda a biologia do fundo do mar. A vida a bordo. Como ser biólogo marinho. O nosso trabalho, que equipamentos usamos, como fazer um estudo cientifico. Algumas histórias de estudos de biodiversidade marinha.

Para quem: 1.º Ciclo, 2.º Ciclo, 3.º Ciclo, Secundário

Número de participantes por ação: Máximo de 24 alunos nas instalações da EMEPC, variável nas Escolas

Onde: Na Escola - Todo o País (até ao limite do orçamento previsto); ou nas instalações da EMEPC - Oeiras

Duração: 1 hora na Escola, 2horas na EMEPC

Custo da ação (se aplicável): Gratuito

Email: Mónica Albuquerque - monica.albuquerque@emepc.mm.gov.pt

Telefone: Mónica Albuquerque - 213 027 383 ou 213 004 165

 

Experiência de Mar: O Que Faz um Geólogo Marinho?

Conversa para alunos sobre como se estuda a geologia do fundo do mar. A vida a bordo de um navio numa expedição oceanográfica e o trabalho do geólogo marinho a bordo.

Para quem: 2.º Ciclo, 3.º Ciclo, Secundário

Número de participantes por ação: Máximo de 30 alunos nas instalações da EMEPC, variável nas Escolas

Onde: Na Escola - Todo o País (até ao limite do orçamento previsto); ou nas instalações da EMEPC - Oeiras

Duração: 1 hora na Escola, 2horas na EMEPC

Custo da ação (se aplicável): Gratuito

Email: Mónica Albuquerque - monica.albuquerque@emepc.mm.gov.pt

Telefone: Mónica Albuquerque - 213 027 383 ou 213 004 165

 

Espécies Aliens: De Onde Vêm e Como Afetam a Biodiversidade do Mar Português

Sabias que a introdução das espécies não indígenas constitui uma pressão, e é um dos pontos de avaliação do Bom Estado Ambiental do meio marinho em Portugal. Iremos conversar sobre o que são espécies aliens, alguns exemplos de espécies que existem em Portugal e que cuidados devemos todos ter para evitar a sua propagação. Exemplos práticos dos impactos que os humanos podem ter na dispersão de problemas no ambiente.

Para quem: 1.º Ciclo, 2.º Ciclo, 3.º Ciclo, Secundário

Número de participantes por ação: Máximo de 24 alunos nas instalações da EMEPC, variável nas Escolas

Onde: Na Escola - Todo o País (até ao limite do orçamento previsto); ou nas instalações da EMEPC - Oeiras

Duração: 1 hora na Escola, 2horas na EMEPC

Custo da ação (se aplicável): Gratuito

Email: Mónica Albuquerque - monica.albuquerque@emepc.mm.gov.pt

Telefone: Mónica Albuquerque - 213 027 383 ou 213 004 165

 

Gorringe: Uma Montanha Protegida no Fundo do Mar

Sabias que no Fundo do Mar também há montanhas e que algumas são tão importantes que são protegidas? Vem conhecer o trabalho que os biólogos fazem e que ajudam a proteger os locais que são relevantes no fundo do nosso mar! Até já!

Para quem: 1.º Ciclo, 2.º Ciclo, 3.º Ciclo, Secundário

Número de participantes por ação: Máximo de 24 alunos nas instalações da EMEPC, variável nas Escolas

Onde: Na Escola - Todo o País (até ao limite do orçamento previsto); ou nas instalações da EMEPC - Oeiras

Duração: 1 hora na Escola, 2horas na EMEPC

Custo da ação (se aplicável): Gratuito

Email: Mónica Albuquerque - monica.albuquerque@emepc.mm.gov.pt

Telefone: Mónica Albuquerque - 213 027 383 ou 213 004 165

 

As Ilhas Selvagens

Conversa para alunos sobre o ponto mais a sul do território nacional – As Ilhas Selvagens. São de origem vulcânica e constituídas por duas ilhas: a Selvagem Grande e a Selvagem Pequena, e ainda por uma série de ilhéus, sendo o principal o Ilhéu de Fora, e por toda a área marinha adjacente. Estas Ilhas foram a primeira Reserva Natural criada em 1971 em Portugal. Iremos conversar sobre este território, os seus habitantes, a sua biodiversidade. Em 2010 fomos estudar estas ilhas e perceber a sua importância para a nossa biodiversidade marinha. Vem conhecer a nossa experiência pessoal e saber que os cientistas não estão sempre no laboratório com batas brancas vestidas!

Para quem: 1.º Ciclo, 2.º Ciclo, 3.º Ciclo, Secundário

Número de participantes por ação: Máximo de 24 alunos nas instalações da EMEPC, variável nas Escolas

Onde: Na Escola - Todo o País (até ao limite do orçamento previsto); ou nas instalações da EMEPC - Oeiras

Duração: 1 hora na Escola, 2horas na EMEPC

Custo da ação (se aplicável): Gratuito

Email: Mónica Albuquerque - monica.albuquerque@emepc.mm.gov.pt

Telefone: Mónica Albuquerque - 213 027 383 ou 213 004 165

 

Áreas Marinhas Protegidas

Conversa com alunos sobre o que são Áreas Marinhas Protegidas e que áreas existem em Portugal.

Para quem: 3.º Ciclo, Secundário

Número de participantes por ação: Máximo de 24 alunos nas instalações da EMEPC, variável nas Escolas

Onde: Na Escola - Todo o País (até ao limite do orçamento previsto); ou nas instalações da EMEPC - Oeiras

Duração: 1 hora na Escola, 2horas na EMEPC

Custo da ação (se aplicável): Gratuito

Email: Mónica Albuquerque - monica.albuquerque@emepc.mm.gov.pt

Telefone: Mónica Albuquerque - 213 027 383 ou 213 004 165

 

Moluscos Marinhos

Conversa com alunos sobre o que são moluscos marinhos, a sua árvore taxonómica e porque são tão importantes no estudo da biodiversidade.

Para quem: 3.º Ciclo, Secundário

Número de participantes por ação: Máximo de 24 alunos nas instalações da EMEPC, variável nas Escolas

Onde: Na Escola - Todo o País (até ao limite do orçamento previsto); ou nas instalações da EMEPC - Oeiras

Duração: 1 hora na Escola, 2horas na EMEPC

Custo da ação (se aplicável): Gratuito

Email: Mónica Albuquerque - monica.albuquerque@emepc.mm.gov.pt

Telefone: Mónica Albuquerque - 213 027 383 ou 213 004 165

Vamos Explorar o Fundo do Mar

Para além de areia, peixe e navios afundados o mar português esconde muitos outros tesouros. Mas a muitos quilómetros de profundidade e na mais absoluta escuridão, são muitos os desafios que enfrentam todos os que tentam explorar o mar profundo. Nesta atividade, vamos compreender como se prepara uma campanha oceanográfica, quais os equipamentos de que precisamos e quem deve integrar as equipas de trabalho. 

Para quem: 3.º Ciclo, Secundário

Número de participantes por ação: Máximo de 30 alunos nas instalações da EMEPC, variável nas Escolas

Onde: Na Escola - Todo o País (até ao limite do orçamento previsto); ou nas instalações da EMEPC - Oeiras

Duração: 1h30m na Escola; 2 horas na EMEPC (pode incluír visita ao ROV Luso)

Custo da ação (se aplicável): Gratuito

Email: Mónica Albuquerque - monica.albuquerque@emepc.mm.gov.pt

Telefone: Mónica Albuquerque - 213 027 383 ou 213 004 165

COMMUNICATION

The Portuguese Task Group for the Extension of the Continental Shelf (EMEPC) was established in order to prepare and deliver the extended continental shelf submission to the UN and to interact with the Commission on the Limits of the Continental Shelf (CLCS), during its consideration.

Since its inception, EMEPC’s work has been a milestone for the promotion of the sea of Portugal. The delivery of the Portuguese submission pertinent to the outer limit of the continental shelf beyond 200 nautical miles to the CLCS, on May 11th 2009, was an important step towards that goal.

The consideration of the Portuguese submission started on the 14th of August 2017, sets EMEPC in a new phase. Currently, EMEPC continues to work on strengthening the submission and preparing for the on-going discussions with the CLCS until the conclusion of this process.

In order to best fulfill its mission and objectives, it is essential to continue to acquire technical and scientific data to defend and strengthen the establishment of the outer limit of the continental shelf contained in the Portuguese submission. The revision of the submission integrated in an addendum with new data and information collected since 2009, is fundamental for the defense of Portugal’s proposal. Additionally, the advancements in areas such as, hydrography, geology, geophysics, biology, oceanography, geographic information systems, underwater robotics and public international law, provide the country with a greater technical, scientific and legal capacity.

EMEPC main goals:

a) To increase the knowledge on the morphology and the geological and hydrographic characteristics of the seabed in order to consolidate the data and information contained in the Portuguese submission presented to the CLCS;

b) To prepare additional data and responses to requests for clarification by the CLCS;

c) To develop the interaction with the CLCS on the Portuguese submission;

d) To promote the importance of the extension of the Portuguese continental shelf to the society.

 

The Extension of the Continental Shelf Project

The Extension of the Continental Shelf Project (ECSP) is a legal process, supported by multidisciplinary scientific research, using a wide range of methods and techniques.

The data acquisition program necessary to sustain the Portuguese proposal began in 2005. It was necessary to raise, collect and analyze bathymetric, geophysical and geological data, which allowed to ascertain the depth, shape, nature, geometry and origin of the deep sea.

Systematic hydrographic surveys were conducted using multi-beam systems. Overall, the systematic survey is one of the largest ever conducted covering an area of approximately 2.600.000 km2, for over 1100 mission days.

The data acquisition program, which is an ongoing process, includes geophysical surveys and hydrographic and oceanographic campaigns.

The strengthening of the national capacity for the observation and monitoring of the deep sea associated with the ECSP, required investment in innovative R & D components, which included the acquisition of a wide range of new equipments from which stands out the ROV "Luso", a Remotely Operated Vehicle capable of diving up to 6000 meters deep.

The ECSP is carried out by a multidisciplinary team on the most diverse scientific disciplines, from Marine Sciences to Law, including also Geology, Geophysics and Geographic Information Systems. It also has already involved over 100 people in programs of cooperation with various R&D entities. In addition to these key partners, participation in the ECSP activities has been open, both to the scientific community and the civil society with interest in the theme of the oceans.

The first practical result of the ECSP was the recognition, in 2006, of the Rainbow hydrothermal vent field as the first Marine Protected Area beyond 200 miles, under the jurisdiction of a country.

In accordance with article 77 of the United Nations Convention on the Law of the Sea, Portugal established five Marine Protected Areas under its jurisdiction, located in the extended continental shelf beyond 200 miles: Rainbow in 2006, Altair, Antialtair, Josephine Seamount and an area of the Mid Atlantic Ridge north of Azores, all in 2010. These Marine Protected Areas total more than 119.500 km2.

  CONTACTS  

Telephone: +351 213 004 165

Email: info@emepc.mm.gov.pt

 

Address: Rua Costa Pinto, n.º 165

2770-047 Paço de Arcos - Portugal

  LINKS  

DGPM_Negativo (1).png

EMEPC - Portuguese Task Group for the Extension of the Continental Shelf  © All rights reserved, 2019